quinta-feira, 30 de junho de 2016

AMAR-TE


AMAR-TE

Desejo sentir o teu quente beijo
Amar sempre o teu doce olhar
É querer matar o meu desejo
De ti,  amando-te, amando-te
Sentindo o calor do teu corpo
Ouvindo o teu lento sussurrar
Ao meu ouvido dizendo
Quero beijar-te loucamente
Quero imaginar que me queres
O quanto que me desejas
Beijar-te até onde a minha boca chegue
E no teu corpo morrerei sem que lastime.
Mergulhando no teu belo corpo nu
Afundar-me num forte abraço teu.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca