quinta-feira, 20 de março de 2014

"ALMA MINHA"

 "ALMA MINHA"

Perder o sono em noites sem fim
Onde está este amor que nem sei o nome
Que mexe com minha alma esta vontade de amar
Viver a luz de velas na penumbra da espera.
Saudade sentida....lembranças de pranto
Dentro de nós como um rio de lágrimas a chorar


Mais forte que a morte, a espera de uma saída
Com teu sorriso muitas vezes sonhei e desejei.
Fantasias alucinadas das noites de amor,
Vivi num passado um presente nos teu braços
Não foram só sonhos...nem loucuras...foi verdadeiro.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca